Giovanibruno - Seguros

Open and close menu

Brasil está entre os que mais devem crescer em seguro, diz EY

18.03.2014 |

O Brasil ocupa a terceira posição com maior previsão de crescimento em prêmios de seguros (em dólares) num grupo de 21 emergentes, atrás apenas de China e Índia, em estudo da consultoria EY (antiga Ernst & Young) obtido pelo Valor.

Segundo a consultoria, o Brasil é o país mais acessível para companhias estrangeiras de seguros entre os Brics (que reúne também Rússia, Índia, China e África do Sul). Estima que a crescente venda de carros deve gerar grande crescimento para as linhas automotivas das seguradoras no país. O estudo calcula que o mercado brasileiro terá uma frota de mais de 125 milhões de veículos até o ano que vem.

Embora aconselhe as seguradoras globais a continuar apostando nos Brics, a EY chama atenção para outros emergentes que julga terem potencial de expansão de negócios bem mais forte para os próximos dois a três anos.

No ranking de oportunidades de crescimento do mercado de seguros, determinado por fatores regulatórios, demográficos e econômicos, a consultoria aponta o Brasil na décima posição entre 21 países levantados. A Turquia aparece como o mercado de maior oportunidade, seguido por Indonésia e China.

Quanto a classificação de risco, baseada em volatilidade econômica, riscos macroeconômicas, de liquidez e de corrupção, que podem causar problemas para as seguradoras, o país é apontado como o oitavo mais arriscado no mesmo grupo. Hong Kong é considerado o mercado de menor risco.

No capítulo de riscos macroeconômicos, o Brasil é julgado especialmente como arriscado. A consultoria avalia que em países como o Brasil e a Índia o crescimento econômico pode ser limitado por erros de políticas adotadas, por exemplo.

Conforme o estudo, as seguradoras devem levar em conta, para sua expansão externa, mudanças importantes nas economias de rápido crescimento, como novas regulações, adoção de novos produtos de seguros, incentivos fiscais e o fato de governos considerarem o segmento como estratégico.

Para a EY, a China continuará desempenhando um papel dominante no mercado internacional de seguros, mas México, Tailândia, Colômbia e Indonésia trazem boas perspectivas no longo prazo.

Entre 2000 e 2011, os prêmios de seguros cresceram 11% ao ano em média nos emergentes, comparado a 1,3% nos mercados desenvolvidos. Com isso, a fatia dos emergentes nos prêmios globais aumentou de 5% para 14% em seguros de vida, e de 7% para 17% em outros segmentos.

 

Fonte: Valor Econômico

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Giovanibruno Seguros

Desde 1993, zelamos pelo patrimônio dos clientes com seguros empresariais e residenciais, além da consultoria em gerenciamento de riscos.

Faça já um orçamento

Quer receber nossos conteúdos e informações exclusivas no seu e-mail? Assine nossa newsletter.

Categorias

Gerenciamento de Riscos

O primeiro passo para uma proteção eficaz.

Saiba mais

Seguros Empresariais

Diversas maneiras de proteger seu patrimônio.

Saiba mais

Seguros Pessoais

Garantir o futuro é dormir tranquilo todos os dias.

Saiba mais

Oportunidade

Você, Corretor ou Produtor de Seguros, venha trabalhar conosco!

Fale Conosco

Oportunidade

Você, Corretor ou Produtor de Seguros, venha trabalhar conosco!

Fale conosco